O Potencial Intelectual nas situações de Deficiência

O Potencial Intelectual nas situações de Deficiência

Um FIT entre pessoa e contexto

A AAIPDD (American Association on Intellectual and Developmental Disabilities) considera a deficiência intelectual como um "fit" fraco entre as capacidades da pessoa (execução duma tarefa mental, cognitiva ou intelectual) e o contexto entre que a pessoa funciona. O handicap não demora no sujeito, mas é uma função entre as capacidades e as expectativas de atividade e participação no contexto onde o sujeito vive. (Wehmeyer e Obremski, 2012).

Habilitar

Nas situações de deficiência intelectual fala-se de habilitação (no sentido de ganhar habilidades e competências), e não de reabilitação (no sentido de ajudar a pessoa a recuperar um nível de habilidade anterior, como nas situações de traumatismo craniano).
Em primeiro lugar, vai sempre estar presente a PESSOA, e num segundo momento prevê-se a realização de todas as intervenções sanitárias necessárias para ganhar as condições do máximo nível possível de funcionamento e participação, em relação a motivação de cada indivíduo e ao contexto.

Nessa situação, verifica-se uma passagem desde a técnica até a pessoa:
ao centro do trabalho da equipa situam-se as necessidades de autonomia funcional (Basaglia, 2003; Sgaramella e Soresi, 2007).

Contexto ecológico

Habilitar num contexto ecológico significa fazer planear interventos nos contextos de vida diária de ocupação e socialização possíveis para um percurso de melhoria das habilidades.
Podem ser incluídas, por exemplo, situações como:
• lavar os dentes;
• fazer uma sandes;
• organizar o plano das atividades para fazer durante o dia;
• fazer um telefonema;
• organizar um passeio com amigos.

Condividi l’articolo: